Ludum Dare Selection – Midas

Este é um jogo que venceu em várias categorias na competição Ludum Dare 22, tema “alone” (solidão/sozinho): ganhou nas categorias “geral”, “inovação” e “diversão”. E eu tenho que concordar, pelo menos em parte.

Não gosto muito de puzzles assim porque os controles deles não são precisos o suficiente. Então, em vez de a maioria das fases depender do meu raciocínio e capacidade de resolução, quase metade do jogo fica à mercê da minha paciência de dar sorte de os comandos funcionarem do jeito que eu quero.

Mas para um jogo que foi feito em 48 horas, está ótimo. Confesso que não fiz até o final porque não consegui me acertar mais com o comando pular, que vez por outra decidia não resolver. Pode-se dizer que os comandos são também uma maneira de desafio colocada para o jogador por parte do programador, mas responsividade é algo necessário. Não tem problema que o personagem tenha inércia ou pulo baixo, ou um momentum demorado: contanto que tenha responsividade.

Detalhes à parte, a ideia da Wanderlands foi muito adequada quando escolheram o Rei Midas para ser o protagonista desse puzzle plataformer. Não somente este rei mitológico, mas também uma dama pela qual ele é apaixonado. E nesse ponto o conflito se instaura.

Tudo o que Midas toca vira ouro. Ele deseja ficar com sua amada, mas se ele tocá-la, ela virará uma estátua de outro inteira, sem vida. E aí também entra o puzzle do jogo: o jogador deve pegar na mão da amada de Midas, mas isso depois de neutralizar o próprio toque de Midas em um pouco de água.

A partir do momento em que Midas toca na água, o seu “poder” (ou “maldição”) é anulado. Mas isso também serve de armadilha, pois muitas fases requerem que você use o toque de ouro para fazer cair blocos que estão no caminho de Midas, atrapalhando-o.

A temática de solidão do jogo fica expressa na própris figura do rei, que não pode estar com a sua amada em conta da sua maldição – algo que por vezes o auxilia em vez de atrapalhá-lo.

 

Midas é, basicamente, um duelo de si consigo mesmo.

 

Mais info (Indie Games Dev Blog): http://indiegames.com/2012/01/browser_game_pick_midas_wander.html

Para jogar Midas (site oficial da Wanderlands): http://wanderlands.org/main/midas 

No Kongregate: http://www.kongregate.com/games/wanderlands/midas

  • Volta, Mundo Blogueiro!

    Olá!Há um tempo você se inscreveu para participar do projeto #voltamundoblogueiro. Estivemos um pouco ausentes, mas estamos voltando com força total agora!Ao checarmos o seu blog na lista de inscrições, percebemos que não havia colocado nosso button de divulgação, que é imprescindível para que o projeto cresça mais e mais! Você também pode ajudar postando sobre sua opinião quanto ao universo blogueiro atual e nos enviando o link do post!Caso ainda tenha interesse em participar do projeto, por favor, pedimos que se reinscreva pelo mesmo formulário, indicando o button e, caso tenha escrito, o link do post!Um beijo grande e muito sucesso para o seu blog#voltamundoblogueiro